Sites Grátis no Comunidades.net
Translate this Page
Enquete
Está gostando desse Blog?
sim
não
sim, muito
sim, um pouco
ainda não sei dizer
Ver Resultados


Rating: 5.0/5 (2 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...





Total de visitas: 478
Mau visto por uns, bem recebido por muitos!
Mau visto por uns, bem recebido por muitos!

LIÇÃO 08
Mau visto por uns, bem recebido por muitos.
Já na lição anterior vimos que a medida que a oposição dos judeus em relação ao Evangelho cresce, por outro lado a aceitação por parte dos gentios é muito boa, então quanto mais a porta do Judaísmo se fecha para a pregação cristã, mais aumenta a receptividade dos pagãos.
Analisando o impacto da Pregação do Evangelho nas cidades de Tessalônica, Beréia e Corinto podemos afirmar que a intensão de Lucas não era simplesmente mostrar como o Evangelho alcançou a Europa mas sim mostrar como foi que os pagãos se converteram sem qualquer ligação com o judaísmo.
Vemos que na medida que a obra missionária crescia entre os pagãos, os judeus foram encontrando um crescente conflito entre o evangelho e aquilo que eles entendiam ser os seus interesses. Lucas nos descreve como Paulo e seus companheiros foram gradativamente expulsos das sinagogas. Mostra-nos ainda como a inclusão dos pagãos, alcançados sem ¨passar¨pela sinagoga, levou os judeus a se excluírem do cristianismo.
Para simplificar essa lição vamos dividi-la em 3 tópicos.
 
1 O Evangelho em Tessalônica.
Em Atos C.17 v.01 ao 05. Lucas nos diz que, logo que chegou a Tessalônica, Paulo foi a uma sinagoga pregar para os judeus. Muitos historiadores acreditam que nessa cidade havia uma especie de colônia judaica que se estabeleceu ali por conta do forte comércio local. 
A pregação de Paulo tinha dois pontos principais o primeiro consistia em ensinar que o Messias deveria padecer para depois ressuscitar e o segundo que afirmava que Jesus Cristo era o Messias. Essa mensagem convenceu apenas alguns judeus, a maior parte não gostou da ideia de um Messias sofredor, não era isso que a nação judaica esperava, depois de tantos anos vivendo sob o domínio de estrangeiros. Talvez esperavam um Messias meio Gideão, meio Saul ou até meio Barrabás, o que condiz com a atitude que tiveram de incitar alguns desordeiros para perseguirem Paulo como lemos no v.05.
Essa atitude gerou um enorme alvoroço, tão grande que até Jáson pelo simples fato de ter hospedado o Apostolo Paulo, foi incriminado, por causa dessa perseguição Paulo e Silas tiveram que partir para Beréia.
Mas o Evangelho já tinha alcançado muitos gentios em Tessalônica e com certeza a ida deles naquele lugar não foi em vão, eles foram desprezados pelos judeus mas bem recebidos pelos gentios.
 
2- O Evangelho em Beréia
A cidade de Beréia era bem próxima de Tessalônica aproximadamente uns 70 km de distancia, talvez Paulo não tivesse a intenção de ir a Beréia mas a perseguição que sofreu em Tessalônica o levou a ir. Chegando a cidade, mas uma vez Paulo e Silas vão a uma sinagoga para pregar aos judeus, mas dessa vez encontram um ouvintes mais ¨nobres¨ como é comum se traduzir o termo ¨eugenéteroi¨, simplificando Lucas quis dizer que os Bereanos não tinham ¨neura¨ mas sim a mente aberta, isso não quer dizer que eles aceitavam qualquer ensinamento, pelo contrário, examinavam as Escrituras dia após dia e não apenas aos sábados na sinagoga, os crentes de hoje em dia tem que ser mais Bereanos e deixar o mau costume de ler a Bíblia apenas aos domingos na Igreja. 
De tanto examinarem as Escrituras encontraram a verdade e muitos se converteram naquela cidade e ainda muitos mais se converteriam se não fosse a interrupção dos judeus(Mel Gibson iria dizer, chegaram os vilões kkk) de Tessalônica que ao saberem do que estava acontecendo em Beréia fizeram questão de prejudicar Paulo e Silas, já que o processo jurídico movido em Tessalônica não tinha valor para outros lugares, decidiram promover outras perseguições(v.13) mas não podiam tirar dos corações de muitos Bereanos a palavra da cruz, que eles ouviram e confirmaram através do estudo das Escrituras.
3- O Evangelho em Corinto.
Apos sair de Atenas, onde esteve por um breve período( Estudaremos isso na próxima lição) Paulo foi para Corinto, capital da província romana da Acaia, que era um importante centro comercial. Ali Paulo ficou morando com Áquila e Priscila, um casal de crentes que tinha saído de Roma por causa de um decreto do Imperador Cláudio. Esse casal foi uma benção para Paulo, talvez ele tenha se juntado a eles por causa de sua profissão em comum, algumas pessoas tem uma certa dúvida quanto a profissão de Paulo, porque a palavra grega utilizada por Lucas, que é traduzida por ¨fabricantes de tendas¨ também pode designar pessoas que trabalham com couro de modo geral. Mas importante é ressaltar que em Corinto Paulo não ficou ¨na aba¨ de ninguém mais sim trabalhou para se sustentar, bem diferente de alguns lideres de Igrejas de hoje, que tem enriquecido nas custas dos membros e mantendo uma vida de luxo, enquanto muitos membros dessas Igrejas passam por necessidades, mas não vou entrar nesse detalhe agora porque daria horas de estudo.
Como de habito Paulo continuou a pregar na sinagoga, tentando persuadir judeus e gregos. Seu ministério recebeu um novo impulso com a chegada de Silas e Timóteo, que provavelmente trouxeram ofertas para abençoar aquela obra.
Infelizmente, mesmo com inteira dedicação para pregar o Evangelho, os judeus mais uma vez resistiram a mensagem. 
Lucas mostra que esse evento em Corinto foi um marco no desenvolvimento da Igreja, porque Paulo decidiu romper radicalmente com a sinagoga e concentrar seus esforços em Pregar para os gentios, evidenciando isso conforme o costume judaico, sacudiu o pó de suas vestimentas, com a certeza de que fez tudo que estava ao seu alcance para que os judeus aceitassem o Evangelho e que agora eles teriam que arcar com as consequências de sua frieza e incredulidade.
Paulo ficou muito tempo em Corinto e muitos aspectos relacionados ao estabelecimento dessa Igreja não foi relatado por Lucas que tinha mais preocupação em relatar como o Evangelho se voltou para os gentios, mas é claro que podemos que podemos obter muitas informações sobre a Igreja de Corinto estudando as duas cartas que Paulo escreve para essa Igreja.
Era um momento em que o Evangelho já tinha alcançado um número muito grade de pessoas, e a maioria dessa pessoas estava disposta a dar a própria vida por amor a Jesus, agora não havia mais o que temer, o Evangelho haveria de vencer todos os obstáculos e prosseguir para o alvo!   

E se você gostou desse estudo Me adiciona no Facebook me encontrando pelo Grupo Evangelho Sem Mimimi e também assiste o vídeo do link abaixo e por gentileza se inscreve no meu canal pra dá uma força! E se vc gostaria de aprender um pouco mais da Palavra de Deus clica no link abaixo do vídeo, tem uma super dica pra você.  Jesus ti abençoe!

Edson Bandeira

 

CURSO BACHAREL EM TEOLOGIA COM CERTIFICADO + HISTÓRICO + CARTEIRINHA.

PARA INFORMAÇÕES CLICA NO LINK ABAIXO.

http://bit.ly/evangelhosemmimimi

http://edzz.la/VZLGQ?a=578130