Sites Grátis no Comunidades.net
Translate this Page
Enquete
Está gostando desse Blog?
sim
não
sim, muito
sim, um pouco
ainda não sei dizer
Ver Resultados


Rating: 1.5/5 (17 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...





Total de visitas: 970
O PRINCÍPIO DA IGREJA
O PRINCÍPIO DA IGREJA

ESTUDO O QUE É IGREJA!

LIÇÃO 01

O PRINCIPIO DA IGREJA.

 

                                         

 

Vamos começar esse estudo falando um pouco sobre o Livro de Atos dos Apóstolos, porque esse Livro nos apresenta a Igreja modelo ou como alguns dizem a Igreja Primitiva. Esse livro poderia até se chamar ¨Atos do Espirito Santo¨ porque a maioria dos Apóstolos é citada rapidamente(Atos1.13) e a maioria dos relatos sobre Barnabé,Filipe,Estêvão e principalmente Paulo não se refere a nenhum dos Apóstolos.

Mas fica claro o destaque dado por Lucas á atuação do Espirito Santo na Igreja e claro mais importante do que o nome é entender o motivo pelo qual esse Livro foi escrito.

Podemos dizer que Lucas tinha no minimo dois objetivos em mente para a elaboração desse livro tais como, mostrar como a mensagem do Evangelho superou diversas barreiras criadas principalmente pelo preconceito da própria igreja, que as vezes não queria pregar a todos os povos e pela perseguição da liderança judaica que não aceitava Jesus como Messias. Mas além desses podemos ressaltar mais algumas coisas.

Lucas no capitulo 1, usou uma palavra importante dentro do judaísmo para descrever as características de sua obra literária, ele disse o começo ou o ¨princípio¨(Atos 1.2;Lucas 1.2) essa expressão que hoje em dia a gente ler sem dar muita importância era fundamental na caracterização de um texto que pretendia ser lido pelos judeus porque eles chamavam o primeiro Livro do Pentateuco de ¨No Princípio¨e não de ¨Gêneses¨ como nós.

Nas Sinagogas o uso da expressão ¨No Princípio¨ ocorria de forma recorrente e aludia á autoridade da Escritura Sagrada. O Apostolo João também também usou essa expressão(João 1. 1,2) para se referir ao Livro de Gêneses. Mas amigo leitor estou dando esses exemplos para indicar que o Livro de Atos dos Apóstolos pode ser entendido como um Gênesis da Igreja, um livro que mostra a genealogia da tradição eclesiástica ou simplificando ¨como surgiu a Igreja.¨

 

 

Podemos afirmar isso partindo de um ponto muito simples, não existe grupo social que não se remeta ás origens, porque quem conhece sua origem obtém um referencial seguro, um significado. Em uma comparação simples é como a situação de um órfão que passa a vida inteira imaginando como seriam seus pais, qual a sua origem etc... No caso da Igreja, Lucas procurou suprir essa lacuna tirando as dúvidas de como tudo começou, de como a Igreja chegou a lugares tão distantes, de como foram as perseguições e até mesmo quando os seguidores passaram a ser chamados de cristãos. E como hoje somos gratos a ele por nos explicar essas coisas com tantos detalhes, não é mesmo ?

Considerar o Livro de Atos como ¨Gênesis da Igreja¨ não é dizer que devemos imitar tudo o que lemos ali mas sim ter uma referencia, um modelo tipo a oração do pai nosso que Jesus ensinou não para ficarmos repetindo feito um mantra mas sim para ter um modelo. Lucas mostra o que o grupo de discípulos de Jesus pôde realizar em determinado momento,desconsiderando a ideia dessa ação como algo permanente. Um exemplo disso é o jeito que Paulo age em Listra(Atos 14.8) comparado ao jeito que ele age em Atenas(Atos 17.16).  

O propósito de Lucas não é colocar o passado da Igreja em uma redoma escondendo suas dificuldades mas sim mostrar que mesmo com dificuldades,perseguições, pensamentos diferentes e todos os problemas comuns a qualquer grupo social a Igreja surgiu,cresceu e se tornou coluna e baluarte da verdade.

Grande abraço e se você gostou desse estudo assiste o vídeo do link abaixo e se inscreve no meu canal pra dá uma força! E se vc gostaria de aprender um pouco mais da Palavra clica no link abaixo do vídeo.  Jesus ti abençoe!

 

CURSO BACHAREL EM TEOLOGIA COM CERTIFICADO + HISTÓRICO + CARTEIRINHA.

http://bit.ly/evangelhosemmimimi