Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Translate this Page
Enquete
Está gostando desse Blog?
sim
não
sim, muito
sim, um pouco
ainda não sei dizer
Ver Resultados


Rating: 1.7/5 (12 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...





Total de visitas: 762
A Igreja e a família
A Igreja e a família

LIÇÃO 13

A IGREJA E FAMÍLIA!

 

Para leitura semanal
Segunda: Atos C.05 v.42
Terça: Colossense C.04 v.15
Quarta: Salmo 27 v.04
Quinta: Hebreus C.10 v.25
Sexta: Atos C.12 v.12
Sábado: Lucas C.02 v.41
Essa será a última lição desse Estudo ¨ O que é Igreja¨ e creio que não teria um tema mais apropriado para tratar nesse encerramento, que a relação entre a Igreja e família tendo em vista que os maiores alvos da fúria do inimigo de nossas almas são justamente a Igreja e a família. Ti convido a continuar a leitura no livro de Atos para encerramos com chave de ouro esse estudo.
A família é a obra-prima de Deus, instituída visando a plena execução do seu plano redentor. Todas as instituições humanas foram criadas a partir da família que, historicamente é definida como célula-mãe da sociedade, vemos tanto no AT quanto no NT que o povo de Deus foi estabelecido e formado a partir da família, sabemos que a Igreja existiu primeiro no eterno plano e propósito de Deus como o escritor aos Efésios diz no C.01 v.04, mas na história como já estudamos surgiu no dia de Pentecostes. A Bíblia se refere a Igreja aqui na terra como ¨família de Deus¨ e nessa lição  veremos a relação entre família e igreja, como esta poderá auxiliar aquela e vice-versa, lembrando que ambas são projetos de Deus e por isso merecem toda nossa atenção e envolvimento.
Vou dividir em tópicos para facilitar.
JESUS E FAMÍLIA.
Muitas cenas do ministério de Jesus ocorreram em lares, envolvendo vários membros de uma família. No texto de Efésios C.05 v.22 ao 33, vemos que em um lar verdadeiramente cristão, o marido e a mulher no seu modo de viver e de agir, figuram para a própria família, para a igreja e para o mundo a perfeita união entre Cristo e a Igreja. O clássico texto citado trata da família cristã, entretanto o nome Igreja é mencionado seis vezes, demostrando que a família e a igreja estão associados.
Deus deu origem a raça humana mediante uma família: Adão e Eva. Ele fundou a nação escolhida utilizando uma família: Abraão e Sara. Trouxe o Salvador do mundo através de uma família: José e Maria. O primeiro ato de Deus apos criar a família foi abençoá-lá (Gênesis C.01 v.28.) e Ele continuou dispensando esta bênção á família, como vemos em Gênesis C.5 v.02 , C.12 v.03 , C.28 v.14 e através de toda a Bíblia.
Em termos humanos e terrenos a igreja depende do lar, assim como o lar é dependente da Igreja. Uma igreja não pode ser forte, viva e santa com famílias fracas na fé, espiritualmente frias e sem santificação, por isso é necessário que todos cristãos abandonem o modo mundano de viver e vivam uma nova vida em conformidade com a Palavra de Deus para que cada lar cristão seja como uma extensão da igreja. A palavra ¨Lar¨ vem do latim ¨lare¨ que significa parte da cozinha onde se acendia o fogo para preparar alimentos e aquecer o ambiente, daí vem o termo ¨lareira¨, pois é o ambiente onde vive a família, ele deve ser aquecido não só pelo amor de Jesus mas também pelo ¨calor humano¨ hoje tão raro em muitas famílias. 
A FAMÍLIA NA IGREJA MODELO( PRIMITIVA)
A Igreja nasceu em um lar, na sua expressão visível e local como já vimos em Atos C.01 v.13 e C.02 v.02( o cenáculo era um compartimento amplo, acolhedor, mobilhado e arrumado para a ceia). Nos três primeiros seculos da era cristã, provavelmente por razões financeiras, já que era difícil comunidades pequenas e pobres que normalmente compunham as igrejas locais construírem templos, os irmãos reuniam-se nas casas particulares para partir o pão e comê-lo com alegria e singeleza de coração(Atos C.02 v.46). Um exemplo disso era a igreja em Roma, os crentes romanos congregavam-se em casas espalhadas pela cidade, por isso a expressão ¨a igreja que está em sua casa¨.
No NT vemos que família e igreja são quase sinônimos porque havia uma perfeita integração entre os dois, tão perfeita que era difícil saber onde terminava a igreja e começava a família. 
Ambas estavam engajadas na expansão do Reino de Deus. E assim, a igreja caía na graça do povo e crescia diariamente. As famílias eram fortes espiritualmente, tinham uma fé inabalável e isso se refletia na Igreja porque a igreja local visível procedia do lar.
A FAMÍLIA COOPERANDO COM A IGREJA.
Através do bom testemunho perante o mundo, de uma vida no santo temor de Deus, da obediência as doutrinas Bíblicas  e da observância das normas da igreja local a família contribui para o crescimento da Igreja, apoiando os projetos e trabalhos da igreja local, orando, jejuando e evangelizando a família se torna parte atuante da igreja. Entregando os dízimos e ofertando a família ajuda a manter a igreja local aberta para a proclamação do Evangelho e claro sendo alunos aplicados da EBD a família aprende a Palavra de Deus e não é enganada por heresias.
A IGREJA COOPERANDO COM A FAMÍLIA.
No capítulo 16 da carta aos Romanos, Paulo cita diversas famílias que muito o ajudaram em seu ministério. O Apostolo deixa bem claro que sem essas famílias seu trabalho seria infrutífero. Aliás, a mesma preocupação é manisfestada em suas outras epístolas, por isso a igreja deve ter um cuidado especial com as famílias, porque se estas forem bem constituídas, a igreja local também será e se a igreja local for avivada as famílias também serão.
A Igreja deve ajudar as famílias orando para que ela possa continuar resistindo aos constantes e impiedosos ataques de Satanás, também deve ajudar aconselhando as famílias, assim evitando conflitos e até mesmo divórcios. Também deve ajudar visitando as famílias regularmente e isso não uma obrigação somente do Pastor e dos lideres mais sim de todos os cristãos para que os enfermos e os fracos na fé não se sintam abandonados e nem os novos convertidos se sintam isolados do restante da Igreja. 
Não podemos separar a igreja da família e vice versa, ambas fazem parte do grande projeto de Deus para humanidade. O Apostolo Paulo estava tão ciente disso que em sua carta aos Efésios ele explica o mistério da igreja, fazendo uma belíssima alegoria com o casamento(C.05 v.22 ao 32.) conhecedores dessa verdade devemos nos esforçar para que o nosso lar seja realmente uma perfeita simbologia da igreja. Somente assim haveremos de glorificar a Deus através de nossa piedosa atitude.
Grande abraço e obrigado por ter acompanhado esse estudo, espero que você acompanhe o próximo estudo ¨ Aprendendo com o Sermão do Monte¨  até lá!

E se você gostou desse estudo Me adiciona no Facebook me encontrando pelo Grupo Evangelho Sem Mimimi e também assiste o vídeo do link abaixo e por gentileza se inscreve no meu canal pra dá uma força! E se vc gostaria de aprender um pouco mais da Palavra de Deus clica no link abaixo do vídeo, tem uma super dica pra você.  Jesus ti abençoe!

Edson Bandeira

CURSO BACHAREL EM TEOLOGIA COM CERTIFICADO + HISTÓRICO + CARTEIRINHA.

PARA INFORMAÇÕES CLICA NO LINK ABAIXO.

http://bit.ly/evangelhosemmimimi

http://edzz.la/VZLGQ?a=578130