Sites Grátis no Comunidades.net
Translate this Page
Enquete
Está gostando desse Blog?
sim
não
sim, muito
sim, um pouco
ainda não sei dizer
Ver Resultados


Rating: 5.0/5 (2 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...





Total de visitas: 485
Evangelho X Idolatria
Evangelho X Idolatria

LIÇÃO 10
EVANGELHO X IDOLATRIA
Em sua terceira viagem Missionária Paulo chega em Éfeso, nessa época essa cidade era muito importante, era a capital da Ásia menor, região que hoje corresponde a Turquia. A influência da cidade, tanto do ponto de vista econômico quanto do religiosos, atingia outras províncias. 
Uma das maravilhas do mundo antigo, o templo da deusa Diana era motivo de orgulho dos efésios, tanto que descobertas arqueológicas mostram, por meio de inscrições em moedas que essa deusa dos efésios era adorada no mundo inteiro. 
Mesmo mergulhada na idolatria essa cidade recebeu o Evangelho, a mensagem da Cruz prevaleceu, alcançou muitas vidas superando as dificuldades com a poderosa atuação do Espirito Santo. 
Lucas descreve que Paulo ao chegar em Éfeso se deparou com pessoas que desconheciam o Espírito santo, em um primeiro momento ele até pensou que se tratasse de discípulos cristãos mas ao interrogá-los, percebeu que ainda não eram convertidos e que conheciam apenas a pregação de João Batista, por isso Paulo não perdeu tempo e lhes pregou a respeito de Jesus e os ouvintes creram de imediato(suponho isso pela narrativa resumida de Lucas) e sendo assim receberam o Espirito Santo e passaram a pregar o Evangelho(Atos C.19 v.06) e falar em outros idiomas. 
 
 
Vale a pena ressaltar que muitas pessoas não entendem bem esse texto, acham que esses homens eram crentes, só que ainda não tinham o Espirito Santo. Mas a respeito dessa interpretação equivocada é necessário analisar alguns textos Bíblicos que indicam, que o Apostolo Paulo era contrário a ideia de que alguém pode ser crente sem ter o Espírito Santo como vemos em 1 Corintios C.12 v.03, Gálatas C.03 v.02, Efésios C.01 v.13, Tito C.03 v.05 e em especial Romanos C.08 v.09.
Paulo fez uma pergunta importante: ¨ Recebestes vós o Espirito Santo quando crestes? ¨  Podemos entender que o verbo ¨receber¨ se refere a uma ação que ocorre no mesmo momento, tipo a expressão ¨tendo crido¨. Então se Paulo acreditasse na ideia de um recebimento posterior a fé, ele teria perguntado: ¨Vocês receberam o Espirito depois de crerem em Jesus?¨  Claro que o objetivo de Lucas não é estabelecer um padrão para o batismo e a imposição de mãos, mas sim mostrar o Espírito Santo como fonte do Poder do Evangelho.
Esse poderoso Evangelho chegou em Éfeso e como de outras vezes, primeiro apresentado aos judeus nas Sinagogas, durante 3 meses lhes apresentou o Evangelho, mas como em outras vezes os judeus não aceitaram o Cristianismo, fazendo com que Paulo de novo se voltasse para os gentios. Paulo passou a Pregar na Escola de Tirano, uma especie de local que servia para aulas e preleções, em Éfeso ele permanece ensinando por 3 anos não só na escola de tirano mas também nas casas do cristãos.
Além do ensino da Palavra de Deus também muitos milagres extraordinários aconteciam, enfermos eram curados e muitas pessoas foram libertos de espíritos malignos, assim a cidade de Éfeso pôde presenciar em meio a um julgo pesado de idolatria, o poder transformador do evangelho!

CURSO BACHAREL EM TEOLOGIA COM CERTIFICADO + HISTÓRICO + CARTEIRINHA.

PARA INFORMAÇÕES CLICA NO LINK ABAIXO.

http://bit.ly/evangelhosemmimimi

Em Atos C.19 v.13 ao 17 vemos a precariedade espiritual dos efésios que cercados por exorcistas e curandeiros eram iludidos ao invés de se aproximarem mais da vontade de Deus. Nesse mesmo estilo de ¨ilusionistas da fé¨ surgem os 7 filhos de Ceva(um judeu sumo sacerdote) que incluíam em suas fórmulas para expulsão de demônios o nome de que vários deuses, e claro quando ficaram sabendo do sucesso do ministério de Paulo resolveram usar a mesma técnica ou seja invocar a Jesus, como se seu nome tivesse um poder mágico. Claro que isso não deu certo pra eles que humilhados fugiram para casa, mas quando as pessoas em Éfeso tomaram conhecimento do ocorrido, ficaram cheios de temor e isso fez que nome do senhor Jesus fosse engrandecido naquela cidade.
Na sequencia Lucas descreve de maneira vívida a transformação efetuada pelo evangelho procurando mostrar como a Igreja primitiva era ativa e prevalecia no confronto com as práticas pagãs, podemos observar a ênfase de Lucas na transformação experimentada pelo povo nos relatos de arrependimento, fé e confissão de pecados. O vontade de mudar era tão grande que os convertidos queimaram seus livros de magia em público para deixar claro que tinham abandonado a feitiçaria.
No Brasil ainda vemos muito paganismo, muita idolatria e feitiçaria, bem parecido com o contexto da cidade de Éfeso e temos que orar e trabalhar muito para que nosso Ministério seja tão frutífero quanto o do Apostolo Paulo naquela cidade.
       
Houve muita inquietação, muito alvoroço em Éfeso por causa do Evangelho que foi ganhando espaço e transformando a vida de muitas pessoas, libertando-as da exploração comercial da religiosidade do povo tanto que um desses exploradores chamado Demétrio foi o responsável direto pelo conflito gerado pelos fabricantes de miniaturas do templo da deusa Diana. A pregação de Paulo era um transtorno para eles, porque o culto a Diana poderia ser desacreditado e assim o comércio idolatra ser prejudicado, por isso Demétrio e os outros artificies se juntaram contra Paulo causando enorme instabilidade na cidade. 
Demétrio e seus aliados entenderam que se Paulo continuasse seu ministério em Éfeso, isso implicaria em uma redução da venda de imagens e por esse motivo incentivou o povo a se manisfestar a favor de Diana. Lucas descreve que após esse tumulto Paulo teve que sair de Éfeso, porem sua obra não sofreu nenhum abalo e apesar da perseguição, Paulo conseguiu construir uma Igreja forte que produziu frutos permanentes.
O Evangelho autêntico produz inquietação como temos visto nos dias de hoje, Pregadores como Paul Washer e Paulo JR. serem perseguidos e criticados enquanto mercenários da fé como Macedonho, Valdo Chapéu do trizimo, Agenor Truque, Malacheia 150 mil, Esteban Dolar e outros são adorados por muita gente mas Jesus tinha avisado sobre o surgimento dos falsos mestres, mas entendemos que isso ocorre porque o Reino de Deus tem pretensões tão exclusivas que se torna impossível qualquer tentativa de minimizar as diferenças entre valores cristãos e valores mundanos. Paulo sabia que sua pregação incomodava seus ouvintes e nós o que podemos dizer sobre nossas mensagens? Será que são para agradar a maioria? São politicamente corretas? São para exaltação de homens? Ou realmente são oriundas do verdadeiro Evangelho de Jesus? Falam de cruz e renuncia? ou apenas de benção e prosperidade? falam de inferno e pecado ou apenas eleição e graça?  Pense nisso e até a próxima lição!

E se você gostou desse estudo Me adiciona no Facebook me encontrando pelo Grupo Evangelho Sem Mimimi e também assiste o vídeo do link abaixo e por gentileza se inscreve no meu canal pra dá uma força! E se vc gostaria de aprender um pouco mais da Palavra de Deus clica no link abaixo do vídeo, tem uma super dica pra você.  Jesus ti abençoe!

Edson Bandeira

Email: edsonbandeira5@gmail.com