Sites Grátis no Comunidades.net
Translate this Page
Enquete
Está gostando desse Blog?
sim
não
sim, muito
sim, um pouco
ainda não sei dizer
Ver Resultados


Rating: 1.5/5 (17 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...





Total de visitas: 924
Justiça e misericórdia.
Justiça e misericórdia.

LIÇÃO 02

JUSTIÇA E MISERICÓRDIA
 
FOME E SEDE DE JUSTIÇA.
Em Mateus C.05 v.06 diz que ¨Bem aventurados os que tem fome e sede de justiça¨.
Fome e sede eram realidades comuns ao homem da Palestina do tempo de Jesus. A fome é velha conhecida da humanidade e encontramos varias citações bíblicas que tratam esse assunto como por exemplo Gênesis C.12 v.10, Rute C.01 v.01, 2 Reis C.04 v.38 e ainda muitas outras. 
Sabemos que para quem vive em região desértica a água é o maior bem. Comer e beber são necessidades inevitáveis, fome e sede são terríveis!  Mas não é fome de comida e sede de água, mas fome e sede de justiça. É desejar a justiça como o faminto e o sedento desejam comida e água. 
Vemos nessa quarta bem-aventurança que a justiça deve ser um profundo anseio de todo crente, ¨fome e sede¨ são termos que denotam extrema necessidade, tal como o organismo faminto e sedento o cristão não desfrutará da verdadeira calma e paz de espírito enquanto não se sentir saciado da presença de Deus, o que implica viver não só em retidão espiritual, mas em não conformar-se com as injustiças e opressões que prevalecem no mundo.
                            
Essa justiça que Jesus menciona não é parecida com a dos filmes e seriados, não pode ser exemplificada pelo Super Man, Batman, O Justiceiro da Marvel,ou por algum herói do Velho Oeste e nem tão pouco por algum herói futurista, mas consiste em uma perfeita conformidade com a Palavra de Deus, com a vontade de Deus. Esta justiça nos é imputada quando desejamos, quando cremos de todo o coração ¨ E creu Abrão no Senhor, e o Senhor imputou-lhe isto como justiça¨ (GN C.15 v.06). Nós não conseguimos justiça por nós mesmo porque diz a Palavra em Isaías C.64 v.06 Nossas virtudes são como trapos de imundície diante de Deus.
Os que tem fome e sede de justiça serão saciados. Deus pode saciar nossa fome por justificação.
É um ato de fé: ¨Justificados, pois pela fé, tenhamos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo¨( Romanos C.05 v.01). Jesus veio ao mundo exatamente para saciar nossa necessidade de justiça. E esta é a essência do evangelho: ¨Porque no evangelho é revelada, de fé em fé, a justiça de Deus, como está escrito: Mas o justo viverá da fé¨ (Romanos C.01 v.17). 
O caminho do Reino é o caminho de fé. Não é o das obras nem o das cerimônias religiosas, mas da fé em Cristo. Quem crê nele não tem fome, pois ele é o pão da vida que desceu do céu, quem crê nele não tem sede, pois Ele é a água da vida.
                                  
OS MISERICORDIOSOS.
Podemos dizer que essa bem-aventurança vem do Salmo 18 v.25,porque não é difícil de perceber que Deus é compassivo com os que se mostram compassivos com seus semelhantes. Como vemos nas bem-aventuranças anteriores a pessoa era alguma coisa e recebia uma benção, como por exemplo os que choram serão consolados nesse caso o que a pessoa dá é o que a pessoa recebe. Ela é misericordiosa e receberá misericórdia. O principio é claro, Deus nos trata como tratamos os demais. O Profeta Obadias disse isto: ¨Como tu fizeste assim se fará contigo¨ (Ob.15), mais ou menos o que conhecemos hoje como ¨lei da semeadura¨.
Como Jesus pregou em aramaico a palavra soou semelhante ao hebraico hesed, que é uma palavra rica e difícil de traduzir mas cujo o sentido é ¨amor inalterável¨. O português foi feliz em traduzir por ¨misericórdia¨, misere cardia, ¨dor no coração¨. Quem senti dor no coração pelos outros esta em marcha no reino, e o coração de Deus doerá por ele.
Sabemos que quem exerce misericórdia se torna solidário, porque o princípio da solidariedade que nos leva a estarmos sempre prontos para ajudar o próximo, é uma característica essencial da vida cristã. Tal é a sua importância que o Senhor, no Sermão do Monte traz o assunto a tona, condenando a atitude farisaica de valorizar o aspecto exterior do ato apenas com propósito de receber o reconhecimento humano.
A expressão empregada  ¨fazer esmola¨ não deve ser compreendida como um simples gesto de estender a mão ao pedinte a beira da calçada, mas como simbolizando o papel da caridade nos relacionamentos humanos. A solidariedade é um ato de adoração a Deus exercido por cristãos que reconhecem que foram alcançados pela misericórdia de Deus e agora também exercem misericórdia.
Mesmo em meio a uma sociedade injusta e corrompida temos que ser justos e não aceitar nada que venha por meio de corrupção mesmo que venha com um discurso de solidariedade e misericórdia, fazendo assim nossa vida vai testemunhar mais do que nossas palavras.
Obrigado por acessar meu blog, forte abraço, Jesus ti abençoe e até a próxima lição!

E se você gostou desse estudo Me adiciona no Facebook me encontrando pelo Grupo Evangelho Sem Mimimi e também assiste o vídeo do link abaixo e por gentileza se inscreve no meu canal pra dá uma força! E se vc gostaria de aprender um pouco mais da Palavra de Deus clica no link abaixo do vídeo, tem uma super dica pra você.  Jesus ti abençoe!

Edson Bandeira

 

CURSO BACHAREL EM TEOLOGIA COM CERTIFICADO + HISTÓRICO + CARTEIRINHA.

PARA INFORMAÇÕES CLICA NO LINK ABAIXO.

http://bit.ly/evangelhosemmimimi

http://edzz.la/VZLGQ?a=578130